ui.jpg

Com a evolução das tecnologias, empresas voltaram seus investimentos na evolução do digital, criando soluções como sites, aplicativos, softwares, etc. 

Tudo Isso com o intuito de estreitar o relacionamento entre as marcas e os consumidores, melhorar o dia a dias das pessoas que trabalham com um software ou apresentar uma experiência diferente de algo que já existe.

Assim surgiu o trabalho de “UI” (“User Interface”), que é responsável pela parte criativa e visual de um projeto, por onde o usuário interage com uma determinada aplicação ou um produto físico.

É um estudo feito para levar o usuário à uma navegação fácil, rápida e positiva entre as telas, isso é feito trabalhando todos os elementos da interface que levem o usuário a essa interação, pode ser um botão, um menu ou até mesmo um video.


O “UI” é um dos passos do projeto de “UX” (“User Experience”). 

O trabalho  de “UX” é essencial, identificando como melhorar a experiência do usuário e, depois desse trabalho, fica muito mais fácil para o profissional de “UI” desenvolver o projeto.

No caso do digital, enquanto o “UX” se preocupa para que toda a jornada do usuário seja boa dentro de um projeto, o “UI” cria o visual e as interações na interface para proporcionar isso.

 

Trabalhando dessa forma, a aparência visual das telas será uma consequência natural, que atrelada a uma boa experiência do usuário trará sucesso ao seu projeto. 

A usabilidade deve estar em primeiro lugar, um dos focos principais do “UX”. Desenvolver interface sem aplicar seus conceitos costuma gerar problemas de navegação que acabam impactando na refação no projeto.